Parashat Nassô – 5776

Parashát Nassô (Bamidbar-Números 04:21 – 07:89): A Parashá inclui novas instruções de trabalho para os Levitas. Moshe/Moises é instruído a como purificar todo o acampamento, em preparação para a dedicação do Mishkán, o Santuário Portátil.  Nassô prossegue delineando as tarefas e responsabilidades das 3 famílias levitas, Gershon e Merari, e contando todos os levitas que estavam em idade de servir no Mishkan (Tabernáculo).  Depois que D’us ordenou a Moises para purificar o acampamento para que fosse um lar merecedor da Presença Divina, a Torá descreve o processo a ser cumprido com uma sotá, uma esposa que foi advertida pelo marido a não ficar sozinha com outro homem, e mais tarde foi surpreendida fazendo-o, dando ao marido um bom motivo para suspeitar de adultério. Ela é levada ao Cohen no Templo Sagrado e, caso não admita sua culpa, recebe água amarga sagrada para beber, o que levará a um destes 02 resultados: ou as águas estabelecerão sua inocência, removendo a dúvida de seu relacionamento com o marido e abençoando-a com filhos, ou as águas provarão sua culpa por uma morte miraculosa e grotesca.

A Torá então descreve as leis do nazir, uma pessoa que aceitou voluntariamente adotar um estado especial de santidade, geralmente por 30 dias, abstendo-se de comer ou beber qualquer derivado de uva, cortar o cabelo, e de contaminar-se através do contato com o corpo de alguém que morreu. Após relatar as bênçãos pelas quais os Cohanim abençoarão o povo, a porção da Torá conclui com uma longa lista das oferendas trazidas pelos 12 líderes das tribos durante a dedicação do Mishkan para uso regular. Cada príncipe (líder do tribo) faz uma oferenda comunal para ajudar a transportar o Mishkan, bem como doações idênticas de ouro, prata, animais e alimentos.

D’var Torá: O Midrash – A bênção dada pelos Cohanim – Em Israel ou numa sinagoga sefaradita fora de Israel, podemos ouvir a bênção dos Cohanim todos os dias. Entretanto, numa sinagoga askenazita fora de Israel, a bênção dos Cohanim é recitada apenas em Pêssach (Pascoa), Shavuot (festival “dos semanas” e Sucot “festival dos cabanas), assim como em Rosh Hashaná e Yom Kipur. A bênção sacerdotal está reservada para estes dias de júbilo. Quando o chazan (cantor litúrgico) termina a bênção de “Modim” na prece mussaf, ele proclama: “Cohanim!” (Sacerdotes!)  Todos os Cohanim presentes se dirigem à frente da sinagoga, o chazan é o 1° que pronuncia cada palavra da bênção vagarosamente e os Cohanim a repetem.Há 3 versículos na bênção sacerdotal:

Em hebraico:
יְבָרֶכְךָ יהוה, וְיִשְׁמְרֶךָ
יָאֵר יהוה פָּנָיו אֵלֶיךָ, וִיחֻנֶּךָּ
יִשָּׂא יהוה פָּנָיו אֵלֶיךָ, וְיָשֵׂם לְךָ שָׁלוֹם
Transliterado:
Yevarechecha Adonai veyishmerecha
Ya’er Adonai panav eleicha vichunecha
Yissa Adonai panav eleicha veyasem lecha shalom
Português
Que o Senhor te abençoe e te guarde.
Que o Senhor faça resplandecer o rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti.
Que o Senhor Eterno sobre ti levante o rosto e te dê a paz.

No Templo Sagrado, os Cohanim pronunciavam o nome de D’us em cada versículo da bênção das Cohanim da maneira como é escrito, por extenso: Yud, Hê, Vav, Hê. Isto é proibido fora do Templo Sagrado.  Nesta parashá, D’us disse a Moshê que ordenasse aos Cohanim: “Assim abençoarão os filhos de Israel…”

 2) A palavra,  “Assim” significa que os Cohanim devem conceder a bênção da seguinte maneira: • De pé.  • De mãos erguidas em direção ao céu.

Por que os Cohanim também estendem os dedos? Quando os judeus souberam que os Cohanim os abençoariam, protestaram: “Mestre do Universo,” disseram, “por que Tu nos abençoas através de terceiros? Desejamos que Tu nos abençoe diretamente!”D’us replicou: “Apesar de ter ordenado aos Cohanim que os abençoe, Eu também estarei presente.”  Por isso, ao recitar estas bênçãos, os Cohanim deixam espaços entre os dedos como que para indicar: “O Próprio D‘us está presente atrás de nós.” No Templo Sagrado, a Shechiná, Presença Divina, encontrava-se atrás dos ombros dos Cohanim, e irradiava através das aberturas entre seus dedos. As pessoas estavam proibidas de olhar para a Shechiná durante a recitação da bênção sacerdotal. O costume atual é de não olhar para os Cohanim durante a bênção dos Cohanim.  Os Cohanim também devem: • Ficar de frente para a congregação. • Pronunciar a bênção em hebraico. • No Templo Sagrado, pronunciavam o Nome de D’us, como está escrito. Antes da bênção, os Cohanim recitam a bênção: “Bendito és Tu, D’us, nosso D’us, Rei do Universo, Que nos santificou com a santidade de Aharon e nos ordenou a abençoar Seu povo de Israel com amor.”  Por que Aharon é mencionado nesta bênção? Os Cohanim, descendentes de Aharon, receberam a honra de conceder a bênção da paz pelo mérito de Aharon, que amava a paz e trazia paz onde quer que percebesse discórdia ou contenda.

 

Porque a bênção sacerdotal inicia-se com a expressão “Assim”? D’us introduziu a bênção dos Cohanim com a expressão “Assim”, aludindo a nosso patriarca Avraham (Abrão), a quem Ele abençoou: “Assim será tua semente.” (Bereshit/Gênesis 15:5) Que bênçãos estas palavras contêm?  D’us procurava uma bênção para conceder a Avraham. “Avraham”, disse, “que bênção posso te dar? Que você seja um tsadic (o justo) perfeito? Você o é. Você foi lançado à fornalha ardente para santificar Meu Nome; abriu uma pousada para acomodar viajantes e trazê-los para sob as asas da Shechiná; e disseminou Meu Nome pelo mundo inteiro. Que sua esposa seja uma tsadeket? Ela já o é. Que os membros de sua casa sejam tsadikim (os justos)? Eles já são. Tenho apenas uma bênção para você: ‘Assim será sua semente’ – que sua semente seja exatamente como você!” D’us introduziu a bênção dos Cohanim com a palavra “Assim”, para indicar que a verdadeira bênção ao povo judeu seja que cada um de seus membros cresça para se tornar como seus patriarcas.

Author: admin

Comments

comments

Deixe uma resposta

Assine nossa lista de e-mails agora!

Assine nossa lista de e-mails agora!

Fique sempre informado de todas os nossos estudos, artigos, notícias e muito mais. É só preencher o formulário abaixo com seu nome e e-mail. Nós da SHAAREI SHALOM ficamos muito felizes em ter você em nossa lista de amigos.