Va’eira – O nome diz tudo

Por: Rabino Yoel Lax

A porção da Torá desta semana é intitulada Va’eira, que significa “E eu apareci” ou “E eu me revelei” como encontramos no verso em nossa seção de Torá: “Eu me revelei a Abraão, a Isaque e a Jacó com o nome EL SHADAI, mas com o meu (verdadeiro) nome AD’NAY (“Shem Havayeh”) Eu não me tornei conhecido “- Shemot/Êxodo 6: 3

Por que a Torá enfatizou o negativo aqui – que D’us não se revelou aos Patriarcas com seu verdadeiro nome de “Havayeh”?

Que lição podemos aprender com essa declaração negativa?

Vejamos o que a iminente redenção do Egito realmente significou. Embora fosse aparentemente uma redenção física; pois o povo judeu foi resgatado da servidão e do trabalho de parto; A redenção do Egito é referida como uma redenção espiritual.

Embora, a pergunta seja solicitada; O que exatamente é uma redenção espiritual?

O pensamento chassídico clássico explica que uma redenção espiritual é a capacidade de servir a D’us com um compromisso total; o potencial de se conectar ao espiritual sem obstáculos, ao ponto de não ter uma segundas intenções ao fazê-lo.

É impossível para um conseguir isso por conta própria. Precisamos de ajuda.

Enquanto nos esforçamos para alcançar esta redenção espiritual sem assistência, estamos deliberadamente ou inadvertidamente estendendo nossa “segunda intenção”.

Mesmo se alguém aprofundar seu compromisso com D’us e ficar totalmente imerso na espiritualidade; vendo como foi sua decisão pessoal em fazê-lo, isso é “segunda intenção”.

É preciso assistência Divina para realizar um verdadeiro e autêntico compromisso com D’us.

Assim, o Êxodo do Egito era uma verdadeira redenção espiritual porque dependia da assistência Divina, sem a qual não teria sido possível.

No entanto, voltando ao nosso ponto original, certamente os antepassados ​​Avraham, Itzhak e Yakov (Abrãao, Isaac e Jacó) também tiveram ajuda Divina? Por que ainda precisamos do Êxodo? Redenção espiritual do Egito?

Portanto, D’us disse a Moshe (Moisés) sobre os nomes aos quais Ele foi revelado aos antepassados ​​e o nome que foi revelado ao povo judeu, o nome de “Havayeh”; que transcende todos os limites.

Somente uma vez que este Nome está internalizado dentro de nós, nossa espiritualidade também “transcende todos os limites” e se torna de todo coração e não motivada pessoalmente para nossa própria agenda.

Assim, o versículo em  Yeshayahu (Isaías), que profetizou a redenção final no fim dos dias, afirma que “a terra será preenchida com o conhecimento de HAVAYEH à medida que a água cobre o fundo do mar”.

Uma vez que o verdadeiro significado deste Nome de D’us se torna enraizado em nós, como a água cobre o fundo do mar, seremos verdadeiramente livres.

Author: admin

Comments

comments

Deixe uma resposta

Assine nossa lista de e-mails agora!

Assine nossa lista de e-mails agora!

Fique sempre informado de todas os nossos estudos, artigos, notícias e muito mais. É só preencher o formulário abaixo com seu nome e e-mail. Nós da SHAAREI SHALOM ficamos muito felizes em ter você em nossa lista de amigos.